Polícia

Polícia continua com oitivas sobre morte de trabalhador em triturador de frigorífico em MS

A Polícia Civil continua ouvindo testemunhas sobre a morte de Rodrigo Lopes, que morreu após cair em uma máquina de trituração de frangos na tarde da última quinta-feira (7) em um frigorífico da cidade de Eldorado – a 440 quilômetros de Campo Grande. A possibilidade de crime não é descartada. No entanto, a polícia afirmou […]

Dayene Paz Publicado em 11/03/2019, às 17h53 - Atualizado em 12/03/2019, às 12h35

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação. - Foto: Divulgação.

A Polícia Civil continua ouvindo testemunhas sobre a morte de Rodrigo Lopes, que morreu após cair em uma máquina de trituração de frangos na tarde da última quinta-feira (7) em um frigorífico da cidade de Eldorado – a 440 quilômetros de Campo Grande.

A possibilidade de crime não é descartada. No entanto, a polícia afirmou que Rodrigo não tinha desavenças na empresa. “Durante os depoimentos podemos perceber que ele era uma pessoa querida no local de trabalho”, destaca o delegado Pablo Reis.

A Polícia Civil espera pelos resultados dos laudos da perícia para poder determinar o que aconteceu no frigorífico. Câmeras de segurança que estão instaladas na área onde aconteceu o acidente não estariam funcionando.

Trabalhadores do frigorífico foram ouvidos. No dia, um deles estava em outro setor e não viu o acidente, já outro funcionário estava passando pelo setor quando viu Rodrigo já dentro do triturador. Ele desligou a máquina de imediato, mas não deu tempo de socorrer a vítima.

Informações do registro do boletim de ocorrência são de que Rodrigo teria sido sugado para dentro da máquina, outro ponto de investigação da polícia. O delegado disse que também existe a possibilidade de algo ter caído dentro do triturador e Rodrigo ao tentar tirar acabou caindo na máquina.

Jornal Midiamax