Polícia

Polícia apreende dois ônibus com produtos contrabandeados que seguiriam para SP

Policiais militares rodoviários apreenderam dois ônibus com mercadorias contrabandeadas do Paraguai nos últimos dois dias em Mato Grosso do Sul. De acordo com a polícia, durante fiscalização na MS-386, no distrito de Sanga Puitã em Ponta Porã, cidade a 313 quilômetros de Campo Grande, foi dada parada a um ônibus com placas do estado de […]

Diego Alves Publicado em 30/01/2019, às 22h41 - Atualizado às 23h00

Foto: Divulgação Polícia Militar Rodoviária
Foto: Divulgação Polícia Militar Rodoviária - Foto: Divulgação Polícia Militar Rodoviária

Policiais militares rodoviários apreenderam dois ônibus com mercadorias contrabandeadas do Paraguai nos últimos dois dias em Mato Grosso do Sul. De acordo com a polícia, durante fiscalização na MS-386, no distrito de Sanga Puitã em Ponta Porã, cidade a 313 quilômetros de Campo Grande, foi dada parada a um ônibus com placas do estado de São Paulo.

Ao realizar buscas no veículo, foram localizadas no bagageiro, grande quantidade de produtos de origem estrangeira, sem a documentação legal de importação.

No veículo havia 19 passageiros, dos quais um identificou-se como a pessoa que organiza viagens de Presidente Epitácio (SP) até Pedro Juan Caballero, para levar comerciantes ao Paraguai.

Ele relatou que o valor total das mercadorias era de aproximadamente R$ 50 mil. Em sua maioria os produtos apreendidos são equipamentos eletrônicos como impressoras, scooters, rádios, além de essências de narguilé; câmaras de pneus; cigarros; brinquedos; materiais de pesca; dentre outros.

Nesta terça-feira (29), por volta das 6h em Amambai, outro ônibus Scania com placas do estado de São Paulo, com 14 passageiros, foi abordado por uma equipe da Polícia Militar Rodoviária.

O veículo transitava na MS-156 sentido Amambai – Caarapó, e, o motorista, informou que saiu de Ponta Porã e seguiria até Presidente Prudente (SP). Foi feita vistoria no interior do ônibus, onde foi localizado diversas mercadorias contrabandeadas do Paraguai sem a documentação regular.

Em ambos casos, os veículos e as mercadorias foram apreendidas e encaminhadas à Receita Federal. Os ocupantes dos veículos foram devidamente checados e qualificados, sendo liberados a prosseguirem viagem.

Jornal Midiamax