Polícia

PM recupera em MS veículo furtado em 2017 e prende 3 por receptação

A Polícia Militar recuperou, nesta terça-feira (2) em Nova Andradina – distante cerca de 297 km de Campo Grande, uma caminhonete L.200 furtada em 2017 em Minas Gerais. A ação, que prendeu três pessoas por receptação, contou com o 8º Batalhão de Polícia Militar e PMR (Polícia Militar Rodoviária) de Amandina. A equipe realizava fiscalização, […]

Dayene Paz Publicado em 02/07/2019, às 17h18

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação. - Foto: Divulgação.

A Polícia Militar recuperou, nesta terça-feira (2) em Nova Andradina – distante cerca de 297 km de Campo Grande, uma caminhonete L.200 furtada em 2017 em Minas Gerais. A ação, que prendeu três pessoas por receptação, contou com o 8º Batalhão de Polícia Militar e PMR (Polícia Militar Rodoviária) de Amandina.

A equipe realizava fiscalização, quando deu ordem de parada ao condutor de um caminhão guincho que transportava na plataforma uma caminhonete com placas de Pouso Alegre (MG). O motorista relatou que foi contratado por um homem nesta manhã para levar o veículo até a cidade de Dourados, por ter apresentado problemas no câmbio.

O motorista ainda relatou que embarcou o veículo em um hotel de Nova Andradina e o contratante não apresentou o documento do veículo. O homem disse inicialmente que iria junto com o caminhão, porém no último momento resolveu ir com o um amigo que estava em outro veículo com placas de Gloria de Dourados. O condutor do guincho informou também que o contratante e os outros dois suspeitos deslocaram para a cidade de Ivinhema, onde almoçariam e após se deslocariam para a cidade de Dourados.

Diante das suspeitas, os policiais iniciaram uma checagem dos dados do veículo, sendo constatado que a numeração de Chassi indicava ser de outro veículo com as mesmas características, porém com queixa de roubo/furto, com placas de Uberlândia (MG), inserida no sistema no dia 16 de outubro de 2017.

Os policiais militares realizaram contato com a base da PMR de Amandina para que interceptasse o veículo com os suspeitos para averiguação. Os suspeitos foram abordados e já na delegacia de Nova Andradina, a pessoa que acionou o guincho informou que no domingo (30) foi contratado por uma pessoa desconhecida para transportar a caminhonete da cidade de Aparecida do Taboado até Dourados.

O homem disse que receberia pelo transporte R$ 1.500,00, sendo que na segunda-feira (1º) foi adiantado R$ 1 mil e o restante seria pago após a entrega do veículo. Também relatou que pegou a L200 em Três Lagoas, mas o veículo apresentou problemas mecânicos sendo necessário guincho para chegar em Nova Andradina. Ele pernoitou e acionou um amigo para vir prestar apoio para ele e sua esposa. Na manhã de terça contratou outro guincho em Nova Andradina para levar a caminhonete até a cidade de Dourados.

O veículo e os envolvidos foram apresentados na delegacia e ficaram à disposição da autoridade de polícia judiciária para investigação e esclarecimentos.

Jornal Midiamax