Polícia

‘Não tem como atirar e dirigir ao mesmo tempo’ diz defesa de acusado de matar em briga de trânsito

A defesa de Higor Lopes Ferreira acusado de matar a tiros o jovem de 19 anos, Wictor Hugo Brunet da Mota, no dia 31 de maio de 2018, na saída de uma festa, no Portal Caiobá, em Campo Grande foi a julgamento nesta sexta-feira (28). A defesa de Higor disse que ele é quem estava […]

Thatiana Melo Publicado em 28/06/2019, às 09h53

None

A defesa de Higor Lopes Ferreira acusado de matar a tiros o jovem de 19 anos, Wictor Hugo Brunet da Mota, no dia 31 de maio de 2018, na saída de uma festa, no Portal Caiobá, em Campo Grande foi a julgamento nesta sexta-feira (28).

A defesa de Higor disse que ele é quem estava dirigindo o carro durante a madrugada do dia 31 e não teria como ter atirado contra Wictor e o amigo dele, que sobreviveu. “O meu cliente (Higor) está com muito medo, já que umdos rapazes que estava com ele seria do PCC”, falou o advogado Davi Moura.

O pai de Wictor, Nivaldo Alves da Mota, de 41 anos, contou ao Jornal Midiamax que o filho era muito trabalhador. “Ele ia ser eletricista de carros, assim como eu”, falou. Nivaldo ainda contou que o filho nunca teve problemas com ninguém.

Como o processo pelo assassinato foi desmembrado,apenas, Higor foi a julgamento nesta sexta-feira (28).

Relembre o caso

Wictor saía de uma festa na companhia de um amigo quando, no trânsito, teria ‘fechado’ o carro onde estava o trio. Eles acabaram discutindo e quando as vítimas foram embora acabaram surpreendidas pelos rapazes, que efetuaram ao menos seis tiros contra as vítimas.

Sendo que Wictor morreu no local e seu amigo foi socorrido e levado para a Santa Casa de Campo Grande. Os autores fugiram e foram localizados após colocarem fogo no automóvel em que estavam.

Os três suspeitos de cometerem o crime, identificados pela polícia como Pedro Martinez Filho, Higor Lopes Ferreira e Cristhian da Silva, foram presos em flagrante na madrugada desta sexta (1º). Eles vão responder por homicídio qualificado por motivo fútil, receptação, porte ilegal de arma de uso restrito e permitido.

Jornal Midiamax