Polícia

Mulher era mantida em cárcere privado e agredida com facão pelo marido

Uma mulher foi resgatada por policiais militares de Anastácio, distante 140 km de Campo Grande, nesta quarta-feira (10), após ser mantida durante vinte dias em cárcere privado. Ela também era agredida pelo marido constantemente com um facão. A equipe recebeu a denúncia e foi até o local, no Conjunto Habitacional Cristo Rei, onde o casal […]

Dayene Paz Publicado em 11/04/2019, às 14h25 - Atualizado às 14h28

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação. - Foto: Divulgação.

Uma mulher foi resgatada por policiais militares de Anastácio, distante 140 km de Campo Grande, nesta quarta-feira (10), após ser mantida durante vinte dias em cárcere privado. Ela também era agredida pelo marido constantemente com um facão.

A equipe recebeu a denúncia e foi até o local, no Conjunto Habitacional Cristo Rei, onde o casal morava, com a filha de 20 dias. Ao ver os policiais, o homem tentou fugir pulando muros, mas foi capturado.

A mulher estava dentro da casa, com a filha nos braços e disse que desde o nascimento da criança, o marido a proibia de sair de casa. A vítima também não podia ver a mãe que morava no mesmo terreno, em uma casa nos fundos. Antes da chegada da PM, a mulher teria sido agredida com um facão e relatou que as agressões aconteciam constantemente.

O facão foi encontrado no local e apreendido. O homem foi preso e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil, para os procedimentos cabíveis.

Jornal Midiamax