Polícia

Motoristas de aplicativo são agredidos após passageiro derrubar cerveja

Dois motoristas de aplicativo foram agredidos por quatro pessoas na madrugada deste domingo (06), em Campo Grande. A confusão começou quando outra motorista cobrou pagamento pela limpeza depois que um passageiro derrubou cerveja no interior do automóvel. O caso acabou na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. Segundo boletim de ocorrência, uma […]

Renan Nucci Publicado em 06/10/2019, às 06h28 - Atualizado às 08h10

Confusão foi filmada por testemunha, mas qualidade das imagens são ruins. Foto: Reproduçaõ
Confusão foi filmada por testemunha, mas qualidade das imagens são ruins. Foto: Reproduçaõ - Confusão foi filmada por testemunha, mas qualidade das imagens são ruins. Foto: Reproduçaõ

Dois motoristas de aplicativo foram agredidos por quatro pessoas na madrugada deste domingo (06), em Campo Grande. A confusão começou quando outra motorista cobrou pagamento pela limpeza depois que um passageiro derrubou cerveja no interior do automóvel. O caso acabou na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Segundo boletim de ocorrência, uma motorista de 19 anos foi acionada por três mulheres de 30, 31 e 37 anos, e por um homem de 29 anos. O grupo estava no Aero Rancho e queria se transportado até nas proximidades do de um bar na Vila Olinda. No entanto, ao embarcar no veículo, o homem, que estava no banco da frente, abriu uma lata de cerveja e derrubou a bebida no banco.

Conforme o registro policial, ele foi advertido pela motorista de que iria ter que pagar pela limpeza e o grupo, ao menos inicialmente, concordou. Porém, quando eles chegaram ao destino, na Rua Glauce Rocha, a motorista passou o valor da corrida, R$ 10, e pediu mais R$ 50 para fazer a limpeza no estofado. No entanto, os quatro passageiros não concordaram, inicialmente desentendimento.

Por segurança, a motorista pediu para que dois colegas motoristas fossem ajudá-la. Os ânimos se exaltaram e um motorista de 27 anos que havia acabado de chegar foi agredido com um soco no rosto, supostamente desferido pelo homem que derrubou a cerveja. A outra motorista que havia ido ajudar levou uma chinelada no rosta, dado pela passageira de 30 anos.

Diante dos fatos, a Polícia Militar foi acionada e encaminhou os envolvidos à Depac da Vila Piratininga, onde foi registrada a ocorrência. O grupo de passageiros vai responder por vias de fato, em razão das agressões, e pelo delito de outras fraudes, em razão do não pagamento. Testemunhas filmaram a confusão e, apesar das imagens ruins, divulgaram nas redes sociais.

Jornal Midiamax