Polícia

Motorista que atropelou guardas paga fiança e fica em liberdade provisória

A mulher de 33 anos que foi detida após atropelar dois guardas municipais nesta madrugada (2) passou por audiência de custódia. Ela teria fugido sem prestar socorro após atropelar os guardas no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Padre João Crippa. Após audiência de custódia foi definido que ela pagasse fiança no valor […]

Renata Portela Publicado em 02/08/2019, às 12h35 - Atualizado às 12h36

(Foto: Leonardo de França, Arquivo).
(Foto: Leonardo de França, Arquivo). - (Foto: Leonardo de França, Arquivo).

A mulher de 33 anos que foi detida após atropelar dois guardas municipais nesta madrugada (2) passou por audiência de custódia. Ela teria fugido sem prestar socorro após atropelar os guardas no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Padre João Crippa.

Após audiência de custódia foi definido que ela pagasse fiança no valor de um salário mínimo. Ela pagou o valor e está em liberdade provisória. Conforme as informações do boletim de ocorrência, o acidente aconteceu por volta da meia-noite enquanto os guardas faziam rondas no Centro.

As vítimas estavam em motocicletas e sofreram vários ferimentos após serem atropelados e caírem. Um dos guardas ainda conseguiu perseguir a mulher que tentou fugir por várias ruas e se desfez de garrafas de cerveja. Ela foi levada para a delegacia, onde constataram embriaguez ao volante.

Jornal Midiamax