Polícia

Motorista de aplicativo é sequestrado por quadrilha e colocado em porta-malas

Na manhã desta quinta-feira (3), homem de 38 anos procurou a polícia para relatar que sofreu sequestro durante a madrugada, enquanto trabalhava. Ele é motorista de aplicativo e estava na região do Nhanhá quando teria sido sequestrado por quatro homens armados. Conforme o registro, a vítima estava na Rua Bom Sucesso quando foi abordada por […]

Renata Portela Publicado em 03/10/2019, às 09h00 - Atualizado às 14h18

Caso foi registrado na Depac Piratininga (Arquivo, Midiamax)
Caso foi registrado na Depac Piratininga (Arquivo, Midiamax) - Caso foi registrado na Depac Piratininga (Arquivo, Midiamax)

Na manhã desta quinta-feira (3), homem de 38 anos procurou a polícia para relatar que sofreu sequestro durante a madrugada, enquanto trabalhava. Ele é motorista de aplicativo e estava na região do Nhanhá quando teria sido sequestrado por quatro homens armados.

Conforme o registro, a vítima estava na Rua Bom Sucesso quando foi abordada por quatro homens armados. Os suspeitos teriam dito que “rodariam com ele com intuito de matar alguém” e em determinado momento anunciaram o roubo.

O motorista revelou que foi obrigado a tomar água com comprimidos, ficou desorientado e foi colocado no porta-malas do carro, um Voyage City branco. Ele foi liberado em um posto de combustíveis e chegou a ouvir os bandidos discutindo se o matariam ou não.

Cartões da vítima foram levados e o carro foi encontrado abandonado na Vila Jacy. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga como roubo majorado pelo concurso de pessoas, pelo emprego de arma de fogo, pela restrição de liberdade da vítima e associação criminosa.

Jornal Midiamax