Polícia

Morte em rancho: caseiro se apresenta e diz que atirou após ser ameaçado com faca

Caseiro de um rancho de Três Lagoas – cidade distante cerca de 326 km de Campo Grande, se entregou para a Polícia Civil nesta quinta-feira (4) e confessou ter atirado em Valter Ferreira Gonçalves, após bebedeira. Ele afirma que estava sendo ameaçado com uma faca e por isso, realizou o disparo. De acordo com o […]

Dayene Paz Publicado em 04/07/2019, às 14h48 - Atualizado às 14h48

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação. - Foto: Divulgação.

Caseiro de um rancho de Três Lagoas – cidade distante cerca de 326 km de Campo Grande, se entregou para a Polícia Civil nesta quinta-feira (4) e confessou ter atirado em Valter Ferreira Gonçalves, após bebedeira. Ele afirma que estava sendo ameaçado com uma faca e por isso, realizou o disparo.

De acordo com o delegado Rodrigo Sperancin Lopes, o caseiro de 39 anos informou que estavam todos bebendo no local. “Ele fala que a vítima partiu para cima dele com uma faca e confessou que atirou para se defender”, disse o delegado. O caseiro prestou depoimento na 1ª Delegacia de Polícia Civil da cidade e foi liberado.

Sperancin informou que aguarda laudos da perícia do corpo e local do crime para concluir o inquérito. Até determinação da Justiça, o suspeito fica em liberdade.

O caso

Informações passadas pelo filho da vítima são de que todos estavam bebendo no rancho, quando começaram a fazer brincadeiras – não há informação sobre o tipo de brincadeira feita – e começou uma confusão e briga entre eles. Tudo foi filmado pelo rapaz, inclusive a morte do pai.

O suspeito estava com um revólver e fez um disparo contra Valter, que foi atingido na testa.Valter antes de ser assassinado teria esfaqueado uma das vítimas, no braço. Logo após os disparos, o autor fugiu.

Jornal Midiamax