Polícia

Matou a esposa a facadas e se entregou dizendo que ‘perdeu a cabeça’

Aderval Bento, conhecido como ‘Bugão’ se entregou nesta quinta-feira (4) a polícia da cidade Navirai – a 359 quilômetros de Campo Grande – acompanhado de seu advogado. Ele matou a mulher Nilce Elias da Rocha, 56 anos, com cinco facadas. Durante seu depoimento na delegacia, Aderval disse que teria perdido a cabeça quando Nilce pediu […]

Thatiana Melo Publicado em 05/04/2019, às 09h06 - Atualizado às 13h39

None

Aderval Bento, conhecido como ‘Bugão’ se entregou nesta quinta-feira (4) a polícia da cidade Navirai – a 359 quilômetros de Campo Grande – acompanhado de seu advogado. Ele matou a mulher Nilce Elias da Rocha, 56 anos, com cinco facadas.

Durante seu depoimento na delegacia, Aderval disse que teria perdido a cabeça quando Nilce pediu a separação e acabou matando ela com cinco facadas. Ele foi levado para o presídio de Naviraí, segundo o site Tá Na Mídia Naviraí.

Nilce foi assassinada em sua casa, no dia 3 de abril, com duas facadas no peito e três que atingiram as mãos da vítima que tentava se defender. A filha do casal estava na residência no momento do crime, uma jovem de 35 anos, com necessidades especiais. Ela acionou a polícia após encontrar o corpo da mãe no quarto.

Depois do crime, Aderval fugiu em um veículo Corsa preto. “Ele ligou para amigos e vizinhos dizendo que tinha matado Nilce e fugiu”. Uma espingarda foi encontrada na casa e apreendida.

Nilce trabalhava como auxiliar de cozinha na Santa Casa da cidade e estava com Aderval há cerca de 30 anos. Eles oficializaram a união em 2013 e tinham uma filha de 35 anos. O homem, que prestava serviços como pedreiro, apresentava comportamentos agressivos e a mulher pedia a separação.

Matou a esposa a facadas e se entregou dizendo que 'perdeu a cabeça'

Jornal Midiamax