Polícia

Jovem é perseguido e espancado por grupo de 15 pessoas em Campo Grande

Um jovem de 24 anos teve traumatismo craniano e foi internado em estado grave após ser agredido a pauladas por um grupo de homens no bairro Zé Pereira, em Campo Grande. A confusão aconteceu na frente da casa dele e ele foi agredido por um grupo de cerca de 15 pessoas. O crime aconteceu na […]

Mylena Rocha Publicado em 05/10/2019, às 08h09 - Atualizado em 06/10/2019, às 09h25

Sangue identifica local onde jovem foi agredido. (Foto: Leonardo de França)
Sangue identifica local onde jovem foi agredido. (Foto: Leonardo de França) - Sangue identifica local onde jovem foi agredido. (Foto: Leonardo de França)

Um jovem de 24 anos teve traumatismo craniano e foi internado em estado grave após ser agredido a pauladas por um grupo de homens no bairro Zé Pereira, em Campo Grande. A confusão aconteceu na frente da casa dele e ele foi agredido por um grupo de cerca de 15 pessoas.

Jovem é perseguido e espancado por grupo de 15 pessoas em Campo Grande
Jovem foi agredido com pedaço de pau com prego. (Foto: Leonardo de França)

O crime aconteceu na rua Edmundo de Almeida, no Zé Pereira, quando ele chegava em casa. Logo que chegou, um grupo de homens tentou entrar na casa. A esposa dele tentou evitar e avisou que estava grávida. Ela avisou o marido para não ir até o portão, mas ele não obedeceu o conselho e acabou espancado.

A mulher conta que ouviu alguns barulhos e, quando se deu conta, foi até a frente da casa e encontrou o marido quase morto. O jovem foi agredido com um pedaço de pau, com prego na ponta. A esposa diz que ele é trabalhador e que nunca arrumou confusão com ninguém no bairro. “Estou sem entender por que fizeram isso com ele. Acordei com uma discussão na porta de casa”, relata.

Jovem é perseguido e espancado por grupo de 15 pessoas em Campo Grande
PMs procuram agressores no bairro. (Foto: Leonardo da França)

Segundo informações da vizinhança, o grupo de jovens teria entre 15 e 20 anos e estão sempre nas esquinas do bairro, ameaçando as pessoas. Eles costumam dizer que fazem parte de facções.

O jovem agredido foi encaminhado para a Santa Casa, em estado grave. A Polícia Militar faz diligências no bairro para tentar encontrar os autores do crime.

Jornal Midiamax