Polícia

Irmão de ‘PCC’ é preso com pistola comprada por R$ 7 mil

A Polícia Militar prendeu nesta quinta-feira (12), em Campo Grande, irmão de suposto integrante da facção PCC (Primeiro Comando da Capital) por posse ilegal de arma de fogo. O suspeito estava com uma pistola calibre 9 milímetros que ele alegou ter comprado por R$ 7 mil. Durante rondas pela região do Residencial Búzios, a equipe […]

Renan Nucci Publicado em 13/12/2019, às 14h02

Arma apreendida pelos policiais. Foto: Divulgação
Arma apreendida pelos policiais. Foto: Divulgação - Arma apreendida pelos policiais. Foto: Divulgação

A Polícia Militar prendeu nesta quinta-feira (12), em Campo Grande, irmão de suposto integrante da facção PCC (Primeiro Comando da Capital) por posse ilegal de arma de fogo. O suspeito estava com uma pistola calibre 9 milímetros que ele alegou ter comprado por R$ 7 mil.

Durante rondas pela região do Residencial Búzios, a equipe do Pelotão da Vila Popular percebeu que um homem correu para dentro da casa e jogou algo para o terreno vizinho ao notar a aproximação da PM. Foi realizada abordagem a ela e a uma mulher que o acompanhava.

Os policiais constataram que a mulher usava tornozeleira eletrônica e que o homem, apesar de não ter passagens, tem dois irmãos presos em Mato Grosso do Sul e um deles seria integrante do PCC. Questionado sobre o que havia jogado no quintal vizinho, ele confessou ser uma arma.

Foi apreendida uma pistola KH com dez cartuchos da marca Luger. O suspeito afirmou não ter documentação, motivo pelo foi encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, onde foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Jornal Midiamax