Polícia

Homem que matou casal e tentou assassinar a avó é preso debaixo da cama

Reinaldo Carvalho Morel, de 20 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil ontem (10), em Aral Moreira, a 371 quilômetros de Campo Grande, por matar com golpes de facão o casal Gonazeles Zavala Wenceslão, 56, e Felipa Armoa, 53, e ainda tentar assassinar a avó de 53 anos. Ele foi localizado escondido debaixo da […]

Renan Nucci Publicado em 11/04/2019, às 14h24

Foto: Aral Moreira News.
Foto: Aral Moreira News. - Foto: Aral Moreira News.

Reinaldo Carvalho Morel, de 20 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil ontem (10), em Aral Moreira, a 371 quilômetros de Campo Grande, por matar com golpes de facão o casal Gonazeles Zavala Wenceslão, 56, e Felipa Armoa, 53, e ainda tentar assassinar a avó de 53 anos. Ele foi localizado escondido debaixo da cama no bairro Idelfonso.

De acordo com nota divulgada pela polícia, os corpos foram encontrados na calçada de  um estabelecimento comercial onde costumavam passar a noite. As vítimas estavam com ferimentos no pescoço, causados por facão.

Pouco tempo depois da descoberta do duplo homicídio, os policiais foram informados que uma mulher indígena havia sido levada ao hospital com cortes na cabeça provocados de forma semelhante aos ferimentos de Gonazeles e Felipa.

A indígena foi ouvida pelos policiais e disse que estava com as outras duas vítimas quando o neto Reinaldo chegou e pediu dinheiro a eles. Como ninguém atendeu ao pedido, ele começou a agredir todos com um facão. A mulher conseguiu fugir até perto da rodoviária,onde foi socorrida por uma testemunha que chamou a ambulância.

Diante das informações, os policiais foram à casa onde estaria o suspeito. Ele foi achado escondido sob a cama, onde acabou preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil. Ele confessou o crime e disse que matou Gonazeles e Felipe por que eles eram “macumbeiros”.

Jornal Midiamax