Polícia

Golpista clona WhatsApp e pede dinheiro emprestado para amigos da vítima

Mulher de 30 anos moradora no Jardim Presidente, em Campo Grande, procurou a Polícia Civil para denunciar caso de estelionato a partir da clonagem de seu número de WhatsApp. Com acesso aos contatos da vítima, o golpista se passou por ela e começou a pedir dinheiro emprestado, mas foi descoberto e não obteve êxito até […]

Renan Nucci Publicado em 02/05/2019, às 18h33 - Atualizado em 03/05/2019, às 08h52

None

Mulher de 30 anos moradora no Jardim Presidente, em Campo Grande, procurou a Polícia Civil para denunciar caso de estelionato a partir da clonagem de seu número de WhatsApp. Com acesso aos contatos da vítima, o golpista se passou por ela e começou a pedir dinheiro emprestado, mas foi descoberto e não obteve êxito até onde ela soube.

A mulher relata que não sabe como teve o WhatsApp invadido e que só percebeu o golpe quando seus conhecidos passaram a lhe enviar mensagens, solicitando o número da conta bancária para depósito. Ela disse que o aplicativo continua funcionando normalmente em seu celular e que não havia notado alterações até descobrir a fraude.

Ela repassou à Polícia Civil as contas bancárias informadas pelo criminoso a seus contatos e se comprometeu e conferir com os amigos se alguns deles depositou. O boletim de ocorrência foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro como estelionato na forma tentada e invasão de dispositivo informático.

Jornal Midiamax