Polícia

Ex-sogro deixa homem com sinais de espancamento em UPA e foge do local

Um homem de 30 anos, vítima com sinais de espancamento, foi deixado no UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Leblon na tarde deste domingo (22) em Campo Grande. De acordo com funcionários da UPA, por volta das 16 horas, aparaceu na entrada da emergência, um senhor que não se identificou, trazendo consigo a vítima […]

Diego Alves Publicado em 22/12/2019, às 21h16 - Atualizado em 23/12/2019, às 08h00

(Arquivo, Midiamax)
(Arquivo, Midiamax) - (Arquivo, Midiamax)

Um homem de 30 anos, vítima com sinais de espancamento, foi deixado no UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Leblon na tarde deste domingo (22) em Campo Grande. De acordo com funcionários da UPA, por volta das 16 horas, aparaceu na entrada da emergência, um senhor que não se identificou, trazendo consigo a vítima que estava desacordada.

O homem que levou a vítima em um GM Corsa, se identificou como ex-sogro do homem de 30 anos. Ainda segundo o boletim de ocorrência, a cada momento, o ex-sogro dava uma versão diferente sobre o que ocorreu com a vítima.

No primeiro momento ele contou que passava por determinada rua no bairro Guanandi, se deparou com a vítima caída ao solo e então resolveu prestar socorro. Em outro momento, contou que o ex-genro havia se acidentado de moto, caindo ao solo, porém também não informou o local exato.

Por fim, diante dos questionamentos da equipe médica, abandonou o local sem prestar maiores esclarecimentos. Com isso, a Polícia Militar foi acionada. O estado de saúde da vítima é grave, pois ele apresenta traumatismo crânio encefálico grave. A mãe do jovem disse que o rapaz não tinha rixa com outras pessoas.

Jornal Midiamax