Polícia

Esfaqueado reclama do atendimento e vai embora de hospital

Homem de 45 anos foi esfaqueado na manhã desta quinta-feira, em Campo Grande, mas foi embora do hospital depois de ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, alegando ter ficado descontente com o atendimento recebido na unidade de saúde. Conforme relatado, à tarde a Polícia Militar foi acionada porque havia um homem ferido na Rua Rui […]

Renan Nucci Publicado em 30/05/2019, às 18h46 - Atualizado em 31/05/2019, às 12h25

(Foto: Arquivo Midiamax)
(Foto: Arquivo Midiamax) - (Foto: Arquivo Midiamax)

Homem de 45 anos foi esfaqueado na manhã desta quinta-feira, em Campo Grande, mas foi embora do hospital depois de ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, alegando ter ficado descontente com o atendimento recebido na unidade de saúde.

Conforme relatado, à tarde a Polícia Militar foi acionada porque havia um homem ferido na Rua Rui Barbosa, entre a Rua Maracaju e a Rua Antônio Maria Coelho. Quando a equipe chegou ao local, encontrou a vítima sentada, reclamando de dores.

O homem alegou que tinha sido esfaqueado de manhã, no Tijuca, ocasião que foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado à Santa Casa. No entanto, ele disse que não gostou do atendimento recebido no hospital e decidiu ir embora.

O Corpo de Bombeiros foi novamente acionado e o encaminhou para o pronto-socorro, já que ele estava com dores e precisava de tratar o ferimento. A PM viu que o homem tinha diversas passagens pela polícia, mas não tinha mandado de prisão.

Jornal Midiamax