Polícia

Empresário que matou esposa e se suicidou em Jardim estava se separando da vítima

A Polícia Civil investiga a motivação que levou o empresário Antônio Marcos matar a esposa, a servidora Sandra Herter a tiros na tarde desta quarta-feira (8) na cidade de Jardim, distante 239 km de Campo Grande. Após atirar em Sandra, o empresário se matou. “Eles estavam em processo de separação e isso pode ser uma […]

Dayene Paz Publicado em 09/05/2019, às 17h32 - Atualizado em 10/05/2019, às 12h27

None

A Polícia Civil investiga a motivação que levou o empresário Antônio Marcos matar a esposa, a servidora Sandra Herter a tiros na tarde desta quarta-feira (8) na cidade de Jardim, distante 239 km de Campo Grande. Após atirar em Sandra, o empresário se matou.

“Eles estavam em processo de separação e isso pode ser uma das motivações para o feminicídio”, salientou a delegada da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), Barbara Camargo Alves. O caso chocou a cidade de Jardim e corre em sigilo.

Após perícia no local do crime, os corpos foram encaminhados para exames de corpo de delito e depois liberados para velório, que acontece na tarde desta quinta-feira (9).

O casal era dono de lojas de utilidade da cidade e tinha três filhos, dois deles já maiores de idade. Apenas a empregada doméstica estava na casa no momento dos fatos e foi quem acionou a polícia ao ouvir os tiros. O casal já estava sem vida quando o socorro chegou ao local.

A delegada já ouviu, além da doméstica, amigos e familiares do casal. As investigações continuam.

Jornal Midiamax