Polícia

Casal brasileiro é sequestrado na fronteira e bandidos pedem US$ 100 mil de resgate

Um pecuarista brasileiro, a esposa e filho foram sequestrados por criminosos nesta sexta-feira (26). Os bandidos pedem cem mil dólares de resgate, conforme confirmado pelo delegado Ignacio Rodríguez, diretor da Polícia Nacional em Amambay. Conforme as informações do delegado de polícia, os bandidos estariam em cinco e teriam invadido a Estância Belo, distante cerca de […]

Dayene Paz Publicado em 26/07/2019, às 17h32 - Atualizado às 18h51

Foto: Divulgação / ABC Color.
Foto: Divulgação / ABC Color. - Foto: Divulgação / ABC Color.

Um pecuarista brasileiro, a esposa e filho foram sequestrados por criminosos nesta sexta-feira (26). Os bandidos pedem cem mil dólares de resgate, conforme confirmado pelo delegado Ignacio Rodríguez, diretor da Polícia Nacional em Amambay.

Conforme as informações do delegado de polícia, os bandidos estariam em cinco e teriam invadido a Estância Belo, distante cerca de 50 km da área urbana de Capitán Bado, cidade paraguaia que faz fronteira com o município de Coronel Sapucaia.

Ignacio Rodríguez informou, como divulgado em sites locais, que os bandidos sequestraram o pecuarista brasileiro, a esposa de nacionalidade paraguaia e o filho do casal, que tem 25 anos. Conforme o site ABC Color, no trajeto, eles libertaram o filho para que ele providenciasse o dinheiro do resgate.

O rapaz procurou a Comissária (delegacia) em Capitán Bado, onde registra o crime. A Polícia Nacional já está a procura dos suspeitos.

Jornal Midiamax