Polícia

Assassino que dormiu com corpo de namorada tem prisão preventiva decretada

Paulo Eduardo dos Santos, 18 anos teve a prisão preventiva decretada na tarde desta quarta-feira (3) pela morte da namorada Jheniffer Cáceres de Oliveira, 17 anos. Ele está em uma cela na delegacia de Sidrolândia, aguardando liberação de vaga em presídio de Campo Grande. Preso na segunda-feira (1º), o autor estrangulou a vítima com o […]

Ana Paula Chuva Publicado em 03/04/2019, às 16h31

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook - Foto: Reprodução/Facebook

Paulo Eduardo dos Santos, 18 anos teve a prisão preventiva decretada na tarde desta quarta-feira (3) pela morte da namorada Jheniffer Cáceres de Oliveira, 17 anos. Ele está em uma cela na delegacia de Sidrolândia, aguardando liberação de vaga em presídio de Campo Grande.

Preso na segunda-feira (1º), o autor estrangulou a vítima com o fio de um carregador e uma coleira de cachorro no último sábado, e ainda dormiu com o corpo.

De acordo com o site Região News, Paulo foi indiciado por feminicidio e ocultação de cadáver, pelo juiz Fernando Moreira Freitas da Silva, e aguarda que a Agepen (Agência Estadual do Sistema Penitenciário) libere a vaga para Presídio.

O crime

De acordo com os relatos, o casal estaria bebendo em uma casa noturna da cidade a 70 quilômetros da Capital, e após um ataque de ciúmes do rapaz e discutiram e acabaram voltando para a quitinete onde moravam.

Já em casa, a briga continuou. Jheniffer então teria tentado bater em Paulo com um cabo de vassoura e se apossou de uma faca atingindo mão, ombro e rosto do rapaz. Após cessar a discussão a garota foi dormir, momento em que o autor a esganou.

Paulo confessou ter tentado estrangular a namorada com as mãos, usando depois o fio de um carregador que chegou a arrebentar, momento em que usou uma coleira de cachorro que estava no chão.

Jornal Midiamax