Polícia

Assassino obrigou esposa da vítima a ajudar a esconder corpo em mata

A Polícia Civil prendeu Janide Pedroso Siqueira, de 28 anos, pelo assassinato de Ernando Fernando de Almeida, de 47 anos, cometido na madrugada do dia 2 de setembro, em Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande. O suspeito chegou a obrigar, mediante ameaça de morte, que a esposa da vítima ajudasse a esconder o corpo […]

Renan Nucci Publicado em 09/09/2019, às 16h26 - Atualizado às 16h34

Suspeito foi preso pela Polícia Civil. Foto: Divulgação
Suspeito foi preso pela Polícia Civil. Foto: Divulgação - Suspeito foi preso pela Polícia Civil. Foto: Divulgação

A Polícia Civil prendeu Janide Pedroso Siqueira, de 28 anos, pelo assassinato de Ernando Fernando de Almeida, de 47 anos, cometido na madrugada do dia 2 de setembro, em Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande. O suspeito chegou a obrigar, mediante ameaça de morte, que a esposa da vítima ajudasse a esconder o corpo em uma mata. 

Os fatos vieram à tona no sábado (07), quando testemunhas encontraram a vítima em avançado estado de decomposição no matagal ao lado da subestação. No local, a polícia e a perícia identificaram o morto como Ernando, morador no acampamento Cachoeira. Em trabalho conjunto com a PM, os investigadores descobriram a dinâmica dos fatos.

Ernando foi morto dentro de sua residência, por Janide. Durante uma discussão, o autor deu um golpe de facão no pescoço de Ernando que morreu. O assassino então obrigou que a esposa da vítima ajudasse a levar o corpo onde foi encontrado cerca de uma semana depois. Janide foi preso preventivamente e confessou, com frieza, ter cometido o crime.

Jornal Midiamax