Polícia

Carros de guardas presos com arsenal e suspeitos de envolvimento com milícia vão a leilão

Os carros apreendidos dos guardas municipais envolvidos na descoberta de um arsenal avaliado em pelo menos R$ 200 mil, no bairro Monte Líbano, em Campo Grande, devem serão leiloados. As armas foram descobertas em maio deste ano, e podem estar ligadas a execuções na Capital. Os veículos Volkswagen Fox de Rafael Antunes, Fiat Pálio de […]

Thatiana Melo Publicado em 03/08/2019, às 11h33 - Atualizado em 04/08/2019, às 08h21

Armas apreendidas em ação conjunta resultou na Operação Omertà. Foto: Arquivo
Armas apreendidas em ação conjunta resultou na Operação Omertà. Foto: Arquivo - Armas apreendidas em ação conjunta resultou na Operação Omertà. Foto: Arquivo

Os carros apreendidos dos guardas municipais envolvidos na descoberta de um arsenal avaliado em pelo menos R$ 200 mil, no bairro Monte Líbano, em Campo Grande, devem serão leiloados. As armas foram descobertas em maio deste ano, e podem estar ligadas a execuções na Capital.

Os veículos Volkswagen Fox de Rafael Antunes, Fiat Pálio de Davi Luiz Kopteski e o Renault Sandero de Flávio Narciso foram entregues a uma comissão de alienação de bens, mas no dia 2 de agosto foi acatado o pedido de restituição de bens feito por Flávio Narciso, sendo que apenas os outros dois carros devem ser leiloados. A data do leilão ainda não foi marcada.

Os guardas municipais que haviam sido libertados no dia 31 de maio voltaram para a prisão, no dia 31 de julho pelo crime de coação. Eles estariam coagindo a esposa do guarda Marcelo Rios, com o intuito de tumultuar as investigações.  Eles foram afastados e respondem por um PAD (Procedimento Administrativo Disciplinar), que foi prorrogado no fim do mês de julho, até que tudo seja esclarecido.Carros de guardas presos com arsenal e suspeitos de envolvimento com milícia vão a leilão

Rafael e Robert foram presos por obstrução de Justiça. Foram apreendidos durante operação do Garras, quatro carabinas 556, 11 pistolas nove milímetros, uma arma calibre 12, outra arma longa calibre.22, um revólver 357, quatro pistolas .40, um calibre 380, uma pistola calibre 22, além dos dois fuzis AK47. Também foram apreendidos silenciadores e carregadores. Além de uma pistola Glock que estava com o guarda em seu veículo na Rua Rodolfo José Pinho. Todas as armas foram enviadas para a Polícia Federal para perícia. As armas estariam envolvidas nas execuções na Capital.

Jornal Midiamax