Polícia

Após denúncia por som alto, moradores chutam vizinho e empurram gestante

Mais um caso de som alto terminou em confusão neste fim de semana em Campo Grande. Em um condomínio do Jardim Columbia, o caso terminou com agressões ao vizinho que fez a denúncia por perturbação de sossego na madrugada deste domingo (8). Conforme informações do Boletim de Ocorrência, os moradores de uma casa do condomínio […]

Mylena Rocha Publicado em 08/09/2019, às 13h14 - Atualizado às 13h22

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay - Foto: Pixabay

Mais um caso de som alto terminou em confusão neste fim de semana em Campo Grande. Em um condomínio do Jardim Columbia, o caso terminou com agressões ao vizinho que fez a denúncia por perturbação de sossego na madrugada deste domingo (8).

Conforme informações do Boletim de Ocorrência, os moradores de uma casa do condomínio estavam fazendo uma confraternização com uso de som alto, quando o vizinho, de 31 anos, resolveu denunciar à polícia. A PM (Polícia Militar) foi ao local e pediu aos moradores que baixassem o volume da música.

Após a saída dos militares do condomínio, o morador foi até a casa do vizinho e perguntou se ele o havia denunciado. O morador agrediu o vizinho com chutes, causando lesões nos braços. A esposa do morador agrediu a esposa do vizinho, de 28 anos, que estava gestante de dois meses.

Jornal Midiamax