Polícia

Após denúncia de assédio sexual em Unei, servidor é afastado

Denúncia de assédio sexual dentro da Unei (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco, em Campo Grande, envolvendo servidores da unidade, está sendo investigada pela Sejusp (Secretaria Estado de Justiça e Segurança Pública) em Mato Grosso do Sul. Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, o assédio aconteceu na semana passada dentro da unidade e envolveu três servidores. […]

Dayene Paz Publicado em 07/05/2019, às 15h07 - Atualizado em 08/05/2019, às 09h43

Entrada da Unei Dom Bosco na BR 262.
Entrada da Unei Dom Bosco na BR 262. - Entrada da Unei Dom Bosco na BR 262.

Denúncia de assédio sexual dentro da Unei (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco, em Campo Grande, envolvendo servidores da unidade, está sendo investigada pela Sejusp (Secretaria Estado de Justiça e Segurança Pública) em Mato Grosso do Sul.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, o assédio aconteceu na semana passada dentro da unidade e envolveu três servidores. As duas vítimas denunciaram o caso para a diretoria da Unei.

A Sejusp informou que foi aberto procedimento administrativo – uma investigação interna, que deve apurar os fatos. A investigação deve ser concluída em até 30 dias. O servidor suspeito do crime foi afastado e conforme a Sejusp, está cumprindo expediente na SAS (Superintendência de Assistência Socioeducativa), até a apuração terminar.

Outra investigação na Unei

No dia 21 de abril, um adolescente de 15 anos, apreendido suspeito de estuprar um bebê de 1 ano de idade, foi espancado dentro da Unei Dom Bosco, onde estava há cerca de dois meses.O rapaz foi encaminhado para a Santa Casa com trauma na cabeça. A Sejusp-MS informou que foi aberto procedimento administrativo para apurar as circunstâncias do fato.

Jornal Midiamax