Polícia

Agredido e furtado, homem é encaminhado em estado grave para Santa Casa

Homem de 43 anos foi encaminhado em estado grave para a Santa Casa com corte profundo na cabeça na madrugada deste domingo (29), na Vila Popular, em Campo Grande. Ele levou seis pontos e não soube informar quem seriam seus agressores. Conforme informações do boletim de ocorrência, quando policiais militares chegaram ao local, a vítima […]

Mariana Rodrigues Publicado em 29/12/2019, às 07h04 - Atualizado às 07h07

Caso foi registrado na Depac Centro (Arquivo, Midiamax)
Caso foi registrado na Depac Centro (Arquivo, Midiamax) - Caso foi registrado na Depac Centro (Arquivo, Midiamax)

Homem de 43 anos foi encaminhado em estado grave para a Santa Casa com corte profundo na cabeça na madrugada deste domingo (29), na Vila Popular, em Campo Grande. Ele levou seis pontos e não soube informar quem seriam seus agressores.

Conforme informações do boletim de ocorrência, quando policiais militares chegaram ao local, a vítima que sangrava muito, estava acompanhada com vários amigos que estavam bêbados. A princípio ele recusou atendimento dos militares e seguiu com seus amigos, os bombeiros foram acionados e o grupo foi seguido pela Polícia Militar, devido a gravidade da lesão.

Quando chegaram na Rua Dalila Siqueira, encontraram a vítima sem calças e sem camisa, apenas com a carteira e celular. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para a Upa Santa Mônica.

Já na Upa a vítima se descontrolou e teve que ser amarrada na maca, ele informou que uma pessoa conhecida como Manu e outros populares o haviam agredido. Ele relatou ainda que na sua calça que foi furtada havia dinheiro e chaves.

Conforme boletim de ocorrência, o corte que a vítima tinha na cabeça era profundo e chegou a alcançar a caixa craniana. Ele precisou levar seis pontos, mas devido à gravidade foi encaminhado para Santa Casa.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Jornal Midiamax