Polícia

Acusado de matar pai com facada, filho se apresenta à polícia e se cala sobre crime

Um jovem de 27 anos, acusado de matar o pai Odair Ramires Santana, 45 anos, com um golpe de faca nas costas, se apresentou no final da manhã na delegacia de Polícia Civil de Anastácio, a 134 quilômetros de Campo Grande. Ele permaneceu em silencio e não deu declaração alguma sobre os fatos. De acordo […]

Dayene Paz Publicado em 23/09/2019, às 17h48 - Atualizado em 24/09/2019, às 08h37

Polícia tenta localizar rapaz (Foto: Divulgação, JNE)
Polícia tenta localizar rapaz (Foto: Divulgação, JNE) - Polícia tenta localizar rapaz (Foto: Divulgação, JNE)

Um jovem de 27 anos, acusado de matar o pai Odair Ramires Santana, 45 anos, com um golpe de faca nas costas, se apresentou no final da manhã na delegacia de Polícia Civil de Anastácio, a 134 quilômetros de Campo Grande. Ele permaneceu em silencio e não deu declaração alguma sobre os fatos.

De acordo com o delegado de Anastácio, Wikson Vasco Francisco Lima Barros, o homem se apresentou acompanhado de um advogado. Ele foi liberado já que não estava em situação de flagrante. Mesmo assim, foi indiciado pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil.

Vasco confirmou que o crime aconteceu após bebedeira durante um encontro familiar. A polícia realizou perícia na casa onde aconteceu o crime e conversou com testemunhas. Conforme as informações, momentos antes da facada, o pai teria desferido uma paulada no filho.

O crime

A reunião de família acontecia no Residencial Cristo Rei, em Anastácio, onde Odair morava. Testemunhas contaram que os dois geralmente se desentendiam quando bebiam juntos. Odair chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu antes de dar entrada na unidade de saúde em Aquidauana. Pai e filho eram funcionários do frigorífico JBS em Anastácio.

Jornal Midiamax