Polícia

13 são procurados por polícia após confronto que teve seis mortos na fronteira

A polícia paraguaia ainda procura na região de Amambay, na fronteira próximo a Coronel Sapucaia, 13 integrantes da quadrilha em que seis morreram em um confronto, na manhã desta quarta-feira (1º). Cinco pessoas foram presas. A operação desencadeada pela polícia foi chamada de ‘Romai’ depois da descoberta do grupo de 25 pessoas, que estavam escondidos […]

Thatiana Melo Publicado em 01/05/2019, às 11h06 - Atualizado às 17h16

None

A polícia paraguaia ainda procura na região de Amambay, na fronteira próximo a Coronel Sapucaia, 13 integrantes da quadrilha em que seis morreram em um confronto, na manhã desta quarta-feira (1º). Cinco pessoas foram presas.

A operação desencadeada pela polícia foi chamada de ‘Romai’ depois da descoberta do grupo de 25 pessoas, que estavam escondidos em uma propriedade da zona rural, e que seriam responsáveis por roubos e sequestros em Capitan Bado. O chefe da quadrilha foi ferido a tiros e levado para o hospital da região.

Na propriedade rural, os policiais encontraram armamento pesado, coletes à prova de balas, munições de vários calibres, celulares de alta tecnologia, além de carros blindados. Segundo o site ABC Color, a quadrilha ainda tinha uma torre de segurança, com dois fuzileiros a postos.

13 integrantes da quadrilha conseguiram fugir em meio ao matagal e a polícia está à procura deles. Mulheres também fariam parte da facção. O confronto entre a quadrilha e os policiais durou cerca de 20 minutos.

Jornal Midiamax