Polícia

12 pistoleiros cercaram evento esportivo para matar ex-piloto de Rafaat

O alvo de execução de pistoleiros na noite desta quarta-feira (27), na fronteira, em Pedro Juan Caballero, Fernando Olmedo tinha ligações com o narcotraficante Jorge Toumani Raffat – ele era ex-piloto de Rafaat. Fernando foi atingido por projéteis da bala nas costas, sendo socorrido e levado para atendimento médico. O guarda costas dele Leandro Franco […]

Thatiana Melo Publicado em 28/03/2019, às 10h10 - Atualizado às 13h44

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

O alvo de execução de pistoleiros na noite desta quarta-feira (27), na fronteira, em Pedro Juan Caballero, Fernando Olmedo tinha ligações com o narcotraficante Jorge Toumani Raffat – ele era ex-piloto de Rafaat.

Fernando foi atingido por projéteis da bala nas costas, sendo socorrido e levado para atendimento médico. O guarda costas dele Leandro Franco de 35 anos, acabou morrendo no ataque dos pistoleiros. O médico Sandro Lugo de 45 anos, que estava na pista de motocross – os filhos praticam o esporte – acabou morto durante o ataque.

Em 2015, Fernando sofreu um atentado sendo ferido com dois tiros na cabeça. No ataque desta quarta (27), o ex-piloto passou por cirurgia e seu estado de saúde é considerado estável, segundo o site ABC Color.

Três caminhões cercaram a pista de motocross e 12 pistoleiros saíram para a execução de Fernando Olmedo. Os autores teriam fugido em direção ao lado brasileiro

Execução de Rafaat

Jorge Rafaat Toumani foi executado com mais de 16 tiros e teve morte instantânea na noite doa dia 15 de junho de 2016, em Pedro Juan Caballero, na fronteira. Os autores do assassinato do narcotraficante usaram armas de grosso calibre para o crime, fuzis AK 47, Mag antiaérea e metralhadoras. Os suspeitos estariam em três veículos.

As armas furaram a blindagem do Jipe Hummer ocupado por Rafaat. Várias outras pessoas teriam ficado feridas, dentre elas um policial identificado como Jorge Espindola. Um dos seguranças de Rafaat morreu durante o tiroteio, que durou mais de 20 minutos.

Jornal Midiamax