Polícia

VÍDEO: polícia afirma que morte de Katiuce foi motivada por ciúmes

Testemunhas já foram identificadas 

Thatiana Melo Publicado em 25/01/2018, às 12h23

None

Testemunhas já foram identificadas 

A Polícia Civil afirmou que a morte de Katiuce Arguelho dos Santos de 31 anos, foi motivada por ciúmes do namorado Bruno Mendes de Oliveira de 29 anos. Bruno está foragido e a polícia procura por ele.

A delegada Ariene Muradi disse que testemunhas já foram identificadas e devem ser intimadas a prestarem depoimento, assim como a faca usada para cometer o crime foi enviada a perícia.

Ainda de acordo com a delegada independentemente da localização de Bruno, ele será indiciado por feminícidio, com penas de 12 a 30 anos, com agravante de motivo torpe. No vídeo a delegada ainda fala que diligências estão sendo feitas na tentativa de localizar o autor.

Katiuce foi morta com 18 facadas, na noite da última segunda-feira (22), no Jardim São Conrado. O casal estava junto há dois anos. O crime aconteceu na casa de Bruno após uma discussão entre eles.

O corpo foi encontrado com ferimentos nos braços, pescoço e costas. Já informações repassadas pela irmã de Katiuce, a copeira e o namorado estavam separados há três ou quatro meses e nesta segunda (22), ela iria até a casa dele para tirar foto de uma geladeira para colocar à venda, já que o suspeito pelo crime estaria desempregado.

Ainda segundo informações, o filho de Katiuce de 11 anos estaria na casa do suspeito assistindo televisão, momento em que a vítima teria ligado avisando que estava a caminho da residência.

Momento em que, o homem teria dado um celular para a criança ir brincar na rua. Ao chegar em seguida da saída do filho, Katiuce acabou sendo morta com 18 facadas pelo namorado, que fugiu em seguida. O caso será investigado pela Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) que tenta localizar o suspeito, que está foragido.

https://www.youtube.com/watch?v=-zOqRpHgPpY&feature=youtu.be

Jornal Midiamax