Polícia

VÍDEO: assassinato em presídio de MS é resultado de ‘julgamento do PCC’

Foi encontrado enforcado

Thatiana Melo Publicado em 23/03/2018, às 11h34

None

Foi encontrado enforcado

O detento Divino Ferreira de 28 anos, conhecido como ‘Chimbinha’ encontrado morto enforcado em uma cela na PED (Penitenciária Estadual de Dourado, no dia 20 deste mês foi obrigado a gravar um vídeo pedindo desculpas a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

No vídeo Divino pede desculpas por ser simpatizante da facção criminosa rival CV (Comando Vermelho), ele ainda diz nomes de detentos do CV que estariam na lista de mortes do PCC.

Divino ainda diz no vídeo ter assassinado uma senhora e duas crianças e ainda diz que “passar um recado para todos do MS, quem manda aqui é o PCC, que está na pista”. Ele ainda cita nomes de membros da facção rival como Luizão, Cabeça de Porco, Paulo Tripa, que estariam marcados para morrer.VÍDEO: assassinato em presídio de MS é resultado de ‘julgamento do PCC’

No vídeo ainda Divino pede desculpas por fazer ‘chacota’ da facção criminosa e é obrigado a dizer que é ‘justo morrer’. Ele é cercado por outros detentos, tem uma corda amarrada no pescoço e é enforcado pelos colegas de cela.

O corpo de Divino foi encontrado no dia 20 deste mês endurado pelo pescoço por uma corda artesanal em uma grade, durante o banho de sol dos internos. Divino havia sido transferido na última sexta-feira (16) de Ponta Porã para Dourados.

Jornal Midiamax