Polícia

Trio rende homem e o obriga a dirigir por quatro horas durante assaltos na Capital

Homem conseguiu pegar chave de volta e fugir

Joaquim Padilha Publicado em 31/05/2018, às 09h34 - Atualizado em 08/06/2018, às 17h23

None

Um homem foi sequestrado e mantido 4h como refém de assaltantes na madrugada desta quinta-feira (31), em Campo Grande. O criminosos o fizeram de motorista enquanto faziam assaltos em diversas regiões da Capital.

Segundo o relato do rapaz de 39 anos à Polícia, ele estava na Vila Carvalho, numa conveniência, quando por volta das 00h30 decidiu ir embora. Antes de entrar no carro, a vítima parou para urinar na calçada, momento em que foi alvo do assalto.

O assaltante encostou uma faca em suas costas e ordenou que o rapaz entrasse no carro e dirigisse. Uma esquina depois, dois outros comparsas entraram no veículo, a mando do sequestrador.

Refém dos três autores, a vítima foi levada para bairros que disse não saber quais eram. Num momento, os assaltantes mandaram que ele encostasse e dois deles desceram e assaltaram duas mulheres, levando bolsa e celulares.

Em seguida, os sequestradores mandaram o rapaz para o banco de trás e assumiram a direção. Os criminosos tentaram ainda assaltar outro homem que dirigia um carro no bairro Coophavila, mas o alvo conseguiu fugir.

Depois do assalto frustrado, os dois comparsas desceram próximo a uma escola no bairro Dom Antonio Barbosa. Nesse momento, a vítima foi chamada para o banco da frente, e ao entrar no carro de novo, conseguiu pegar a chave do veículo.

O sequestrador saiu do carro e entrou em briga corporal com o motorista. O assaltante conseguiu ainda fugir, levando o celular da vítima. Depois de quatro horas feito refém, o homem conseguiu pegar o carro de volta e fugir, por volta das 4h30.

O rapaz voltou para casa e levou o caso à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga. O crime foi registrado como “roubo majorado pela restrição de liberdade da vítima”.

Jornal Midiamax