Suspeito de matar desafeto a tiros de espingarda junto com irmão é preso

  Alex Bruno Fogaça, 28, foi preso por ter matado Sivaldo da Silva Caires, 35, no dia 22 de fevereiro em Aquidauana, cidade a 140 quilômetros de Campo Grande. A prisão foi feita pela Polícia Civil com intermédio do NRI (Núcleo Regional de Inteligência). Sivaldo foi morto enquanto bebia com a esposa e o amigo […]
| 23/05/2018
- 01:08
Suspeito de matar desafeto a tiros de espingarda junto com irmão é preso

 

Alex Bruno Fogaça, 28, foi preso por ter matado Sivaldo da Silva Caires, 35, no dia 22 de fevereiro em Aquidauana, cidade a 140 quilômetros de Campo Grande. A prisão foi feita pela Polícia Civil com intermédio do NRI (Núcleo Regional de Inteligência).

Sivaldo foi morto enquanto bebia com a esposa e o amigo Marcos Mena em frente a uma casa no Bairro Alto. Marcos Mena também foi baleado, recebeu atendimento médico e sobreviveu.

De acordo com as investigações, Alex, junto com o irmão Júnior Reis Fogaça, com uma espingarda, matou Sivaldo da Silva Caires, o “Dica”, e feriu Marcos Mena, mais conhecido como “Estranho”.

Após o crime, os irmãos fugiram. Posteriormente, Júnior se apresentou na delegacia acompanhado de uma advogada, foi ouvido e responde em liberdade. Já Alex teve a prisão decretada, foi preso e apresentado no plantão policial da Primeira Delegacia de Polícia de Aquidauana.

Veja também

Últimas notícias