Polícia

Jornalistas continuam sem acesso às ocorrências policiais registradas em MS

O Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional) continua fora do ar neste domingo (7) para jornalistas de Mato Grosso do Sul. O problema começou após uma atualização do software, quando deixou a maioria das redações do estado sem acesso aos dados de ocorrências. O sistema é utilizado para armazenar dados das ocorrências atendidas pelas polícias […]

Mylena Rocha Publicado em 07/10/2018, às 08h31 - Atualizado às 22h18

Imagem ilustrativa | Reprodução
Imagem ilustrativa | Reprodução - Imagem ilustrativa | Reprodução

O Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional) continua fora do ar neste domingo (7) para jornalistas de Mato Grosso do Sul. O problema começou após uma atualização do software, quando deixou a maioria das redações do estado sem acesso aos dados de ocorrências.

O sistema é utilizado para armazenar dados das ocorrências atendidas pelas polícias Militar e Civil, além do Corpo de Bombeiros e outras unidades de segurança. Uma importante ferramenta para o trabalho de apuração jornalística, o sistema ficou fora do ar com a atualização do software, feita desde o mês de setembro.

No mês passado, o Sigo ficou fora do ar por alguns dias. Já na quinta-feira (4), jornalistas ficaram sem acesso novamente e já é o quarto dia sem Sigo. Em operação no Estado desde 2006, o Sigo é um programa disponibilizado por uma empresa terceirizada e tem objetivo de dinamizar o atendimento à população. O software substituiu o antigo modelo de registro de ocorrência manual.

Jornal Midiamax