Rapaz que matou namorada com 18 facadas vai a júri popular por feminicídio

Bruno Mendes de Oliveira, de 29 anos, vai a júri popular pela morte da namorada Katiuce Arguelho do Santos, de 31 anos, em janeiro deste ano, no bairro São Conrado, em Campo Grande. Ele vai ser julgado por homicídio por motivo torpe e feminicídio. Em interrogatório, Bruno disse que matou a namorada no momento em […]
| 25/05/2018
- 12:15
Rapaz que matou namorada com 18 facadas vai a júri popular por feminicídio

Bruno Mendes de Oliveira, de 29 anos, vai a júri popular pela morte da namorada Katiuce Arguelho do Santos, de 31 anos, em janeiro deste ano, no bairro São Conrado, em Campo Grande. Ele vai ser julgado por homicídio por motivo torpe e .

Em interrogatório, Bruno disse que matou a namorada no momento em que a vítima teria lhe contado que estava se relacionando também com outra pessoa. Ele esfaqueou a vítima 18 vezes,  sendo seis no braço direito, nove no braço esquerdo, dois no pescoço e um nas costas.

A prisão preventiva do acusado foi mantida pelo juiz Carlos Alberto Garcete até o julgamento, que ainda não tem data marcada para acontecer.

Feminicídio

O casal estava junto há dois anos e, na noite do dia 22 de janeiro, houve uma discussão entre eles, após Katiuce dizer ao companheiro que estaria saindo com o ex-marido.

Segundo um parente da vítima, Katiusce estava separada do marido, porém ela sempre ia até a casa do ex, que está desempregado, para ajudá-lo, fato que não agradava o namorado atual.

O filho de Katiusce, de 11 anos, estava na casa do suspeito assistindo televisão quando a vítima ligou avisando que estava a caminho. O homem, então, deu um celular para a criança ir brincar na rua. Ela foi morta ao chegar em casa. O namorado fugiu em seguida.

 

Veja também

Motoentregador de pizza, de 22 anos, foi assaltado e teve a moto levada durante a...

Últimas notícias