Polícia

Rapaz cai de moto, fica dois dias internado e sofre morte encefálica

Um rapaz de 21 anos morreu na manhã deste domingo (22) depois de dois dias internado na Santa Casa por conta de um acidente com motocicleta. O jovem deu entrada no hospital com suspeita de traumatismo craniano. O acidente aconteceu na madrugada da sexta-feira (20). Policiais em plantão foram acionados para atender a uma ocorrência […]

Joaquim Padilha Publicado em 22/07/2018, às 17h04

Santa Casa informou que faturas de energia em aberto são decorrentes de atraso nos repasses. (Arquivo Midiamax)
Santa Casa informou que faturas de energia em aberto são decorrentes de atraso nos repasses. (Arquivo Midiamax) - Santa Casa informou que faturas de energia em aberto são decorrentes de atraso nos repasses. (Arquivo Midiamax)

Um rapaz de 21 anos morreu na manhã deste domingo (22) depois de dois dias internado na Santa Casa por conta de um acidente com motocicleta. O jovem deu entrada no hospital com suspeita de traumatismo craniano.

O acidente aconteceu na madrugada da sexta-feira (20). Policiais em plantão foram acionados para atender a uma ocorrência de queda de moto na Av. Mario Battilani, no município de Bela Vista.

No local, encontraram o jovem Marcelo Javier Chavez Riquelme, vítima do acidente, caído, consciente e com escoriações pelo corpo. Os policiais informaram que nesse momento conversaram com o rapaz, que falava pouco em português, se comunicando mais em guarani.

O jovem foi levado ao hospital São Vicente de Paula, em Bela Vista, para atendimento médico. Na mesma manhã, horas depois, médicos acionaram a família do rapaz que teria ficado inconsciente.

Na tarde do mesmo dia, Marcelo foi levado de ambulância à Santa Casa de Campo Grande, em vaga zero, com suspeita de traumatismo craniano. O rapaz permaneceu internado até esta manhã, quando veio a óbito.

Segundo a requisição da Santa Casa, Marcelo teria sofrido um hematoma intracraniano, com sinais de morte encefálica.  O caso foi registrado pela Delegacia de Polícia de Campo Grande como morte a esclarecer.

Jornal Midiamax