Polícia

Morre, aos 76 anos, o professor Mandetta

Foi encontrado nesta quinta-feira (1º) em um apartamento, no bairro Universitário, em Campo Grande, o corpo do professor de português, literatura e redação, Humberto Antônio Madetta de 76 anos, pela empregada. A emprega que chegava para trabalhar por volta das 7 horas da manhã desta quinta (1º) entrou no apartamento e encontrou o corpo do […]

Thatiana Melo Publicado em 01/11/2018, às 13h00 - Atualizado em 02/11/2018, às 07h43

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

Foi encontrado nesta quinta-feira (1º) em um apartamento, no bairro Universitário, em Campo Grande, o corpo do professor de português, literatura e redação, Humberto Antônio Madetta de 76 anos, pela empregada.

A emprega que chegava para trabalhar por volta das 7 horas da manhã desta quinta (1º) entrou no apartamento e encontrou o corpo do professor em avançado estado de decomposição. A ex-mulher do professor foi avisada, e a polícia chamada.

Na delegacia, a mulher contou que estava separada de Humberto há seis anos e que ele já estava em outro relacionamento. Segundo ela, os dois trabalhavam juntos, já que ele dava aulas no cursinho. Ainda segundo o boletim de ocorrência ele sofria de obesidade, pressão alta e glaucoma. Não há informações se havia sinais de violência no corpo.

Jornal Midiamax