Polícia

Preso após troca de tiros com Choque foi contratado para fazer sequestro

Outros dois bandidos morreram 

Thatiana Melo Publicado em 28/01/2018, às 13h53

None

Outros dois bandidos morreram 

Ulisses Silva Martins conhecido como ‘Colt’ preso após uma troca de tiros com equipes do Batalhão de Choque, durante a madrugada deste domingo (28), na cidade de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, disse que o trio tinha sido contratado para fazer um sequestro.

Após a prisão, ‘Colt’ contou que se agruparam a uma pessoa conhecida por ‘Sonic’ que tinha determinado que eles sequestrassem e matassem um homem conhecido por ‘Alanzinho’, e também contra outros dois rapazes identificados como Wesley e Bruno.

‘Colt’ ainda contou que participou de um roubo a um veículo Volkswagen Fox determinado por ‘Sonic’ e que ganharam o valor de R$ 2 mil.Preso após troca de tiros com Choque foi contratado para fazer sequestro

Troca de tiros

Foram mortos em uma troca de tiros na madrugada deste domingo (28), na cidade de Dourados, dois homens que seriam integrantes da fação criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), sendo moradores de Mato Grosso e São Paulo.

Morreram Douglas Henrique Fernandes, de 26 anos, que também tinha passagens por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo, e Ricardo Douglas de 33 anos, conhecido como ‘Alemão’.

A troca de tiros aconteceu com equipes do Batalhão de Choque que estava na cidade para auxiliar a polícia local na investigação da formação de um grupo armado com integrantes do PCC para cometer roubos na região, sendo que na madrugada deste domingo (28) houve perseguição e troca de tiros contra os autores.

Os policiais tentaram abordar um veículo Chevrolet Corsa, mas os ocupantes não obedeceram a ordem de parada e efetuaram disparos contra os militares. Houve perseguição, mas alguns metros à frente o motorista perdeu o controle da direção colidindo o carro contra o portão de uma residência e depois contra uma árvore.

Houve troca de tiros e um dos ocupantes morador de São Paulo e o outro de Mato Grosso morreram no confronto. Já o terceiro homem, morador de Dourados, acabou preso pela polícia depois de tentar fugir correndo em terrenos baldios.

Jornal Midiamax