Polícia

Novas informações podem esclarecer morte no Jardim Morumbi

Pouco mais de um mês após o latrocínio do comerciante de 50 anos no Jardim Morumbi, em Campo Grande, a polícia ainda trabalha para localizar e prender os autores do crime. O caso ocorreu no dia 25 de maio, após a vítima ter reagido a um assalto em sua conveniência. “Já temos informações que podem […]

Mariana Rodrigues Publicado em 03/07/2018, às 12h19 - Atualizado em 04/07/2018, às 12h04

None

Pouco mais de um mês após o latrocínio do comerciante de 50 anos no Jardim Morumbi, em Campo Grande, a polícia ainda trabalha para localizar e prender os autores do crime. O caso ocorreu no dia 25 de maio, após a vítima ter reagido a um assalto em sua conveniência.

“Já temos informações que podem ajudar a esclarecer (o latrocínio). Estamos trabalhando para poder solucionar esse caso”, disse o delegado adjunto da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), Carlos Delano. O delegado disse ainda que não pode passar mais informações para não atrapalhar as investigações.

O comerciante foi morto após dois bandidos encapuzados e usando bonés entrarem no estabelecimento anunciando o assalto e rendendo os sete clientes que estavam no local. O comerciante teria sido obrigado ao se ajoelhar e, neste momento, teria recebido um tiro na cabeça e outro na região do quadril.

Os suspeitos pelo crime foram considerados pela polícia como sendo violentos. Durante a fuga, os criminosos deixaram rastro de dinheiro roubado pelo local.

Jornal Midiamax