Polícia

Polícia Militar faz escolta para caminhão com gás de cozinha até revenda

A Polícia Militar realizou a escolta de caminhão com gás de cozinha até uma revenda na cidade de Nova Andradina, cidade a 296 quilômetros de Campo Grande. Polícia Militar de Batayporã foi quem fez a escolta. O produto estava em falta na cidade desde o último final de semana onde chegou a ser vendido a […]

Diego Alves Publicado em 29/05/2018, às 21h44

None

A Polícia Militar realizou a escolta de caminhão com gás de cozinha até uma revenda na cidade de Nova Andradina, cidade a 296 quilômetros de Campo Grande. Polícia Militar de Batayporã foi quem fez a escolta.

O produto estava em falta na cidade desde o último final de semana onde chegou a ser vendido a R$ 85, de acordo com o site Jornal da Nova. Já em Taquarussu, segundo relato de moradores, o gás de cozinha foi vendido a R$ 100.

Em relação a combustíveis, a situação deve piorar com a paralisação de 72 horas programada pelos petroleiros, impedindo que os veículos carregados se dirijam ao estado vizinho.

Segundo distribuidoras ouvidas pela reportagem, se não chegar novos carregamentos dentro de dois dias, postos estudam racionar a venda para garantir que o estoque dure por mais tempo.(Foto: Jornal da Nova)

Jornal Midiamax