Polícia

PMA prende boliviano pescando com rede em Piracema na fronteira

De 180 metros

Diego Alves Publicado em 14/02/2018, às 01h17

None

De 180 metros

Policiais Ambientais de Corumbá, que trabalham na operação Carnaval, realizavam fiscalização na região do Canal do Tamengo, na fronteira com a Bolívia hoje (13) e prenderam um pescador por pesca predatória. Um Boliviano de 60 anos, estava em uma canoa de madeira e pescava com uma rede de pesca (petrecho proibido) de 180 metros, no momento em que foi abordado.PMA prende boliviano pescando com rede em Piracema na fronteira

O infrator acabara de armar a rede, iniciava a pescaria e ainda não havia capturado nenhum pescado. A rede foi retirada da água e apreendida. O infrator, residente em Arroyo Concepcion (Bolívia), recebeu voz de prisão e foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Federal de Corumbá. Ele responderá por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção.

Jornal Midiamax