Polícia

PM paga fiança de R$ 1 mil após suposta apuração sobre facilitação de contrabando

PM abriu um procedimento para apurar o envolvimento do militar

Diego Alves Publicado em 21/03/2018, às 17h51

None

PM abriu um procedimento para apurar o envolvimento do militar

O policial militar preso nesta terça-feira (20) em Maracaju, cidade a 160 quilômetros de Campo Grande, teve que pagar uma fiança de mil reais na sede da Polícia Federal para ser solto. A fiança foi arbitrada pelo fato do policial militar estar de posse de um rádio amador em seu carro particular, um Fiat Pálio.

No local, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) estaria investigando o policial por suposta associação com o contrabando de cigarros. O policial militar que não teve o nome divulgado, teria se passado por policial federal, momento em que houve uma confusão.

De acordo com a assessoria de comunicação da PM, um procedimento administrativo será aberto para apurar o envolvimento do militar na confusão e medidas serão tomadas.

PM paga fiança de R$ 1 mil após suposta apuração sobre facilitação de contrabando

O policial militar é lotado em Fátima do Sul, cidade a 239 quilômetros de Campo Grande e ultimamente trabalhava no distrito de Culturama.

Jornal Midiamax