Polícia

Mulher acusa irmão e marido de estupro coletivo dentro de casa

Vítima teria sido violentada pelo irmão enquanto marido assistia

Clayton Neves Publicado em 16/07/2018, às 16h10 - Atualizado às 16h30

None

Uma mulher de 38 anos foi estuprada pelo marido com quem estava casada há 7 anos e pelo próprio irmão. O caso aconteceu na madrugada de domingo (15) no Bairro Colibri, em Campo Grande, e à polícia, a vítima contou que depois de ser violentada pelo marido e dormir, acordou sendo estuprada pelo irmão enquanto o esposo assistia a cena. Os autores teriam se aproveitado do estado de embriaguez para cometer o crime.

O caso é investigado pela Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e de acordo com a delegada Fernanda Félix, responsável pelo caso, a mulher e os suspeitos teriam consumido bebida alcoólica durante todo dia em um churrasco. A noite, a vítima teria passado mal por conta do estado de embriaguez e se deitado em um sofá, momento em que o marido disse que lhe daria banho.

“Ele deu banho nela e a colocou na cama. Em seguida, aproveitou para fazer sexo sem o consentimento dela. Ela contou que por várias vezes disse que não queria, mas ele insistiu”, explica.

Depois de ser abusada pelo marido, a vítima disse que dormiu, no entanto, acordou momentos depois com o irmão em cima dela a violentando enquanto o marido assistia. “O irmão tirou as roupas dela e passou a estuprá-la. O marido estava no quarto vendo tudo, mas não teria feito nada”, afirma.

Assustada, a mulher procurou a delegacia onde o caso foi registrado como estupro de vulnerável, já que a mulher não tinha discernimento do que acontecia por causa do consumo de álcool. Ela tinha ferimentos na boca e nas costelas e solicitou medida protetiva contra o irmão.

Os suspeitos são procurados pela polícia para prestar esclarecimentos.

Jornal Midiamax