Polícia

‘Marola do PCC’ morre na Santa Casa após ser ferido a tiros e mentir para PM

Eleil Franco de Souza, de 25 anos, morreu na noite desta terça-feira (5) na Santa Casa de Campo Grande, após ser ferido com quatro tiros no Jardim Morenão, na noite de segunda-feira (4). Quando socorrido, ele teria contado ter sofrido uma tentativa de assalto. Conhecido como ‘Marola do PCC’, a vítima foi atingida por quatro […]

Thatiana Melo Publicado em 06/06/2018, às 08h47 - Atualizado em 07/06/2018, às 13h20

None

Eleil Franco de Souza, de 25 anos, morreu na noite desta terça-feira (5) na Santa Casa de Campo Grande, após ser ferido com quatro tiros no Jardim Morenão, na noite de segunda-feira (4). Quando socorrido, ele teria contado ter sofrido uma tentativa de assalto.

Conhecido como ‘Marola do PCC’, a vítima foi atingida por quatro tiros no abdômen e levada para a Santa Casa, onde ficou internada no CTI (Centro de Terapia Intensiva), mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 23 horas desta terça (5).

Quando socorrido, Eleil teria fornecido outro nome à polícia, mas sua verdadeira identidade foi descoberta no hospital. Ele estaria evadido desde o dia 14 de março deste ano do sistema penitenciário e teria passagens por receptação, furto, lesão corporal dolosa e tentativa de homicídio, e seria ligado à facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Versão dada por ‘Marola do PCC’

Quando socorrido pelo Corpo de Bombeiros na noite de segunda (4), o rapaz contou que teria sofrido uma tentativa de assalto dos ocupantes do carro, sendo ferido com pelo menos quatro tiros. Ele ainda teria contado que o suspeito pelo crime seria um desafeto, conhecido por PCC, e atual marido de sua ex-mulher. A polícia investiga o caso.

Jornal Midiamax