Polícia

Jovem morre após acidente entre Hilux e carreta parada em via

A jovem Stefani Ferreira de Oliveira de 18 anos morreu após um acidente entre uma caminhonete e uma carreta canavieira na noite desta segunda-feira (08) na MS-157 próximo à ponte do Rio Santa Maria em Maracaju, cidade a 159 quilômetros de Campo Grande. Stefani, que estava em uma Hilux, morreu após ser levada para atendimento […]

Diego Alves Publicado em 08/05/2018, às 19h31 - Atualizado em 09/05/2018, às 07h14

None

A jovem Stefani Ferreira de Oliveira de 18 anos morreu após um acidente entre uma caminhonete e uma carreta canavieira na noite desta segunda-feira (08) na MS-157 próximo à ponte do Rio Santa Maria em Maracaju, cidade a 159 quilômetros de Campo Grande.

Stefani, que estava em uma Hilux, morreu após ser levada para atendimento médico. A caminhonete era conduzida por um motorista de 39 anos e tinha mais três pessoas como passageiras, entre elas, Stefani, seu namorado de 28 anos e um outro passageiro não identificado que saiu ileso.

O motorista da carreta canavieira bitrem teria parado o veículo na pista, segundo ele, por problemas mecânicos. Porém, de acordo com o site Maracaju Speed, o local não foi sinalizado devidamente.

Com isso, o motorista não viu a carreta parada na pista e bateu contra a traseira. Após o acidente, o motorista da carreta deu partida no veículo e saiu do local sem prestar socorro. Ele foi abordado logo depois pela Polícia Militar Rodoviária Estadual no Distrito Carumbé, em Itaporã.

Todas as vítimas foram atendidas pelos bombeiros no local e levadas ao Pronto Socorro de Maracaju. O condutor da Hilux sofreu fratura em uma das pernas, e o rapaz de 28 anos, namorado de Stefani, fraturas nas costelas.

Já Stefani que estava consciente e desorientada, tinha um corte profundo na região da cabeça e traumatismo craniano. Seu estado de saúde piorou durante a madrugada e ela então foi levada a uma unidade de saúde na Capital, porém não resistiu e morreu. O motorista da carreta foi levado à delegacia e irá responder pelo acidente.

Jornal Midiamax