Polícia

Filha de mulher morta com facadas nas costas diz que pai era violento

A Justiça manteve a prisão de Rufino Rosa, de 42 anos, nesta quinta-feira (3), quando ele passou por audiência de custódia na cidade de Rio Brilhante, a 158 quilômetros de Campo Grande. Ele assassinou a facadas sua esposa, Rosângela da Silva Coelho, de 41 anos. Rufino teve a prisão temporária convertida em preventiva e foi […]

Thatiana Melo Publicado em 04/05/2018, às 07h26 - Atualizado às 08h24

None

A Justiça manteve a prisão de Rufino Rosa, de 42 anos, nesta quinta-feira (3), quando ele passou por audiência de custódia na cidade de Rio Brilhante, a 158 quilômetros de Campo Grande. Ele assassinou a facadas sua esposa, Rosângela da Silva Coelho, de 41 anos.

Rufino teve a prisão temporária convertida em preventiva e foi levado para uma unidade prisional. A filha de Rosângela contou na delegacia que a mãe era agredida constantemente pelo pai, principalmente, quando ele bebia.

Rosângela foi morta com facadas nas costas na frente das filhas de 25 e 9 anos. O crime aconteceu na última terça-feira (1º) quando o casal voltava de uma festa.

De acordo com o site Rio Brilhante em Tempo Real, durante seu depoimento na delegacia, a filha da vítima contou que, durante a briga, a mãe correu para os fundos da casa com uma faca nas mãos e o pai foi atrás, mas em seguida Rosângela teria largado a faca.

Ela correu para fora da casa e foi seguida pelo marido, que aproveitou o momento em que ela caiu no chão para golpeá-la nas costas.

Rufino contou na delegacia que não tinha a intenção de matar a esposa e que o assassinato teria sido ‘acidental’, já que os dois caíram no chão e a faca cravou nas costas de Rosângela.

Jornal Midiamax