Polícia

Estacionado em hospital e no celular, jovem sofre sequestro relâmpago

Saiu correndo da camionete gritando por ajuda

Thatiana Melo Publicado em 16/01/2018, às 09h46

None

Saiu correndo da camionete gritando por ajuda

Enquanto esperava pela esposa dentro de sua camionete em frente a um hospital, na cidade de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, um rapaz de 22 anos acabou sofrendo um sequestro relâmpago.

Ele contou na delegacia que estava em frente ao hospital por volta das 23 horas mexendo no celular enquanto esperava pela esposa, momento em que um veículo estacionou atrás e dois homens armados desceram anunciando o assalto.

Um dos bandidos entrou no banco da frente e o outro no banco de trás exigindo que ele dirigisse. Depois de um tempo dirigindo, os ladrões mandaram a vítima estacionar o carro quando o rapaz desligou a camionete retirou as chaves e saiu correndo gritando “é um assalto, é um assalto”.

Um homem que entregava jornais viu quando os bandidos saíram da camionete e entraram em outro veículo Volkswagen Fox, de cor branca, fugindo. A camionete seria de uma garagem onde o rapaz trabalha.Estacionado em hospital e no celular, jovem sofre sequestro relâmpago

Os bandidos teriam dito a vítima que eram do regime semiaberto e que o carro já tinha destino, já que precisavam vender por que estavam endividados. Um deles, segundo o rapaz, tinha bigodes falho, moreno, 1,70 aproximadamente de altura e marcas de espinha no rosto.

Já o outro aparentava ser adolescente, tinha 1,70 de altura aproximadamente e era moreno.

Jornal Midiamax