Polícia

Em operação, PMA prende dois suspeitos de pesca ilegal

Pescadores foram presos em flagrante 

Maisse Cunha Publicado em 31/03/2018, às 15h43

None

Pescadores foram presos em flagrante 

Dois suspeitos de pesca predatória foram presos nessa sexta-feira (30) no rio Ivinhema, localizado no município de Nova Andradina, distante 297 km de Campo Grande. Durante fiscalização da PMA (Polícia Militar Ambiental), dois pescadores foram autuados por pesca ilegal e porte de anzol de galho (petrecho proibido).

De acordo com os policiais, o pescador de 43 anos, residente em Ivinhema, recebeu voz de prisão e foi conduzido juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina e responderá por crime ambiental de pesca predatória e porte de petrecho ilegal. Caso seja condenado, poderá pegar pena de um a três anos de prisão. O suspeito foi multado em R$ 700,00.

Ainda em operação, outro pescador, de 54 anos, foi preso por pescar sem licença ambiental. Com o suspeito foram apreendidos um barco, um motor de popa e dois molinetes com varas. O suspeito foi multado em R$ 300,00. A pesca sem licença não é crime ambiental. Trata-se somente como infração administrativa.

Jornal Midiamax