Polícia

Detentos cavam buraco e fogem por banheiro de delegacia

Foi através de um túnel cavado dentro do banheiro de uma das celas da 1º Delegacia de Polícia Civil da cidade de Aquidauana, a 135 quilômetros de Campo Grande, que dez detentos fugiram na madrugada desta segunda-feira (22). Os foragidos são Alex Bruno Fogaça, Ademir Arroaba de Souza, Jeferson Augusto, Josivaldo Arevalo Avalos, Marcos de Arruda […]

Fernanda Müller Publicado em 23/07/2018, às 13h00 - Atualizado às 16h38

None

Foi através de um túnel cavado dentro do banheiro de uma das celas da 1º Delegacia de Polícia Civil da cidade de Aquidauana, a 135 quilômetros de Campo Grande, que dez detentos fugiram na madrugada desta segunda-feira (22).

Os foragidos são Alex Bruno Fogaça, Ademir Arroaba de Souza, Jeferson Augusto, Josivaldo Arevalo Avalos, Marcos de Arruda Santana, Rentado Correa, Tiago da Silva Rocha, Vinicius Rodrigues de Oliveira, Walerson Ozório e Walisson Renato Fernandes.

Em nota, o presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda, frisou que lugar de preso é no presídio e não nas delegacias, que devem manter os presos somente o período flagrancial. Mato Grosso do Sul possui cerca de 900 detentos mantidos em delegacias, que não possuem estrutura física para a custódia.

Esta é a quinta fuga de presos em delegacias do Estado só esse ano. Nenhum policial civil foi ferido durante a ação. Até o momento nenhum dos foragidos foi recapturado.

Jornal Midiamax