Polícia

Cliente é agredida por segurança de banco, desmaia e fica 2 dias internada na Capital

A funcionária pública Maria Izabel Gersei Torres, de 56 anos, procurou a polícia na tarde desta sexta-feira (7) para denunciar que foi agredida por um segurança de uma agência bancária, na tarde desta quarta-feira (5), no Centro de Campo Grande. Por conta das agressões, Maria Izabel teve o braço direito deslocado e ficou internada 2 […]

Fernanda Müller Publicado em 07/09/2018, às 15h50 - Atualizado às 16h28

Foto: site 67 news
Foto: site 67 news - Foto: site 67 news

A funcionária pública Maria Izabel Gersei Torres, de 56 anos, procurou a polícia na tarde desta sexta-feira (7) para denunciar que foi agredida por um segurança de uma agência bancária, na tarde desta quarta-feira (5), no Centro de Campo Grande.

Por conta das agressões, Maria Izabel teve o braço direito deslocado e ficou internada 2 dias na Santa Casa com suspeita de lesão na coluna, segundo o site News 67.

A vítima contou que tentou entrar na agência, mas a porta giratória travou, pois, o casaco que ela vestia tinha botões de metal. O segurança pediu para olhar sua bolsa. A cliente então jogou os objetos no chão e logo em seguida ajoelhou para pegá-los, momento em que foi provocada pelo segurança.

Ele teria dito “assim mesmo, desse jeito mesmo”, se referindo de forma irônica à posição que ela estava.

Depois, Maria entrou na agência e foi atendida normalmente, ao sair foi até o segurança e perguntou se era política da empresa fazer o cliente tirar a roupa para entrar no local. Nesse momento ela teria sido empurrada e xingada. Ela diz que revisou, xingando o segurança também.

Ainda de acordo com a vítima, ela resolveu retornar à agência para reclamar com o gerente sobre o que tinha ocorrido, momento em que o segurança deu socos em seu peito e a agarrou pelo pescoço. Ela diz que com os golpes perdeu os sentidos e caiu no chão.

O segurança teria continuado a agredi-la, até que outras clientes vieram e socorreram a vítima. Um funcionário da agência perguntou se podia leva-la ao médico, e quando Maria Izabel se levantou acabou desmaiando.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, e a vítima levada para à Santa Casa, onde ficou internada até a tarde desta sexta-feira (07).

O Jornal Midiamax entrou em contato com a empresa em que o segurança trabalha, prestadora de serviço para a Caixa Econômica Federal, mas até o fechamento desta reportagem não obtivemos resposta.

Jornal Midiamax