Polícia

Cinco mulheres são presas em flagrante fazendo pichações contra Jair Bolsonaro

Cinco mulheres de 30,25,23,27 e 26 anos foram presas por pichações durante a madrugada desta quinta-feira (01) em Dourados, cidade a 220 quilômetros de Campo Grande. Consta no boletim de ocorrência, que as cinco foram flagradas fazendo pichações contra o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). A Guarda Municipal foi acionada com a informação de que […]

Diego Alves Publicado em 01/11/2018, às 20h23 - Atualizado às 20h25

None

Cinco mulheres de 30,25,23,27 e 26 anos foram presas por pichações durante a madrugada desta quinta-feira (01) em Dourados, cidade a 220 quilômetros de Campo Grande. Consta no boletim de ocorrência, que as cinco foram flagradas fazendo pichações contra o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

A Guarda Municipal foi acionada com a informação de que elas picharam o muro da Associação Médica, em frente ao Hospital Universitário. Elas foram flagradas pela Guarda em frente ao hospital, em um Honda Fit.

Elas tentaram sair do local, porém foram abordadas logo depois. Ainda segundo a Guarda, durante a abordagem, foram encontrados diversos materiais para pichação, como spray, cola e cartazes com frases de efeito em crítica a Bolsonaro, dentro do veículo.

Questionadas, elas assumiram a autoria das pichações e a afixação de cartazes e, nas pontas dos dedos de todas, havia vestígio de spray de cor preta, da mesma cor das latas encontradas no carro.

Em relação à motivação, elas afirmam que sentem medo em razão do resultado das eleições presidenciais, pois sofrem assédio constante e que existem outros grupos organizados para realizar a mesma ação pela cidade.

Elas foram autuadas por pichar, grafitar ou por outro meio de conspurcar edificação ou monumento urbano. Todas foram liberadas logo depois e vão responder em liberdade.

Jornal Midiamax