Polícia

Catadora de recicláveis é morta com tiro no rosto e marido é ferido a tiros no pescoço

A catadora de recicláveis Rita Helena Ivanhes Martinez de 43 anos foi assassinada na noite deste domingo (7), com um tiro no rosto, no Portal Caiobá, em Campo Grande. O marido de Rita ficou ferido com dois tiros. Informações da Polícia Civil são de que o crime aconteceu por volta das 22 horas deste domingo […]

Thatiana Melo Publicado em 08/10/2018, às 07h50 - Atualizado às 18h10

None

A catadora de recicláveis Rita Helena Ivanhes Martinez de 43 anos foi assassinada na noite deste domingo (7), com um tiro no rosto, no Portal Caiobá, em Campo Grande. O marido de Rita ficou ferido com dois tiros.

Informações da Polícia Civil são de que o crime aconteceu por volta das 22 horas deste domingo (7), sendo que moradores da região contaram que ouviram disparos, mas não viram quem seria o autor dos tiros.

Quando a polícia e o Corpo de Bombeiros chegaram ao local lá encontram a mulher morta caída no chão. O marido dela, de 46 anos, estava ferido com um tiro no pescoço e nas costas. Ele foi socorrido e levado para a Santa Casa da Capital. O homem mesmo ferido tentou correr para pedir ajuda.

A polícia confirmou que Rita e o marido seriam usuários de drogas, e que a família teria contado que não sabia de ameaças ou inimizades do casal.  Ainda não há suspeitos pelo crime e nem a motivação para o assassinato.

O presidente do bairro, Wesly Neri, contou ao Jornal Midiamax, que duas pessoas em uma moto teriam feito os disparos contra o casal, sendo que um deles após o crime fugiu a pé e o outro na motocicleta. “Foi um ato de covardia o que fizeram com ela e o marido”, disse Wesly que afirmou que o casal era tranquilo e querido no bairro.

Jornal Midiamax